Como se inscrever no Fies 2020

Veja neste artigo como se inscrever no Fies 2020. O Fundo de Financiamento Estudantil – Fies é um programa gerenciado pelo Ministério da Educação – MEC que disponibiliza crédito financeiro aos estudantes matriculados em instituições privadas .
Para solicitar o financiamento o estudante deverá estar matriculado em uma instituição com avaliação maior ou igual a três no Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior). Além disso, atender as demais exigências que vamos apresentar neste artigo.

Os estudantes que optarem em participar do primeiro semestre do Fies 2020 deverão ter participação no Exame Nacional do Ensino Médio – Enem. A pontuação média deverá ser de 450 pontos nas matérias (Ciências da Natureza e suas tecnologias; Matemática e suas tecnologias; Ciências Humanas e suas tecnologias e Linguagens, códigos e suas tecnologias) além de não zerar a redação. É importa que os estudantes saibam que o Fies só financia cursos presenciais.

Como se inscrever para o Fies 2020

Imagem Como se inscrever no Fies 2020Primeiramente vamos informar quais são os estudantes que não podem se inscrever no Fies 2020:

  • Não tenha sido pré-selecionado no processo comandado pelo MEC;
  • Aqueles cuja a matrícula se encontra trancada em geral de disciplinas no momento da inscrição;
  • Já tenha sido beneficiado com o Fies. Entretanto, o estudante financiado pelo programa que mediante requerimento ao Agente Operador do Fundo compre que o contrato tenha sido rescindido;
  • Inadimplente com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC);
  • Seja beneficiado com a bolsa integral do Programa Universidade para Todos – Prouni;
  • Selecionado pelo Prouni em bolsa parcial em curso ou IES distintos da inscrição do Fies;
  • Tenha participação do Enem, mas possui nota inferior a exigida.

Passo a Passo de como se inscrever no Fies 2020

Agora que já sabe quais estudantes serão vetados, vamos para o passo a passo de como se inscrever no Fies 2020. Primeiramente o cadastro é feito pelo portal do MEC no endereço eletrônico http://sisfiesportal.mec.gov.br/.

  1. Se inscrever no Sistema de Seleção do Fies (Fies Seleção): Caso seja o primeiro acesso o estudante precisa informar o Cadastro de Pessoa Física – CPF, data de nascimento, endereço de e-mail e por fim uma senha. Após apresentar estas informações, o estudante receberá uma mensagem no e-mail na qual é a validação do cadastro;
  2. Inscrição no SisFies: O estudante que estiver entre os pré-selecionados deverá se inscrever no SisFies no prazo de 5 dias após a divulgação;
  3. Validação das informações: Após confirmar a inscrição no SisFies será a vez de validar todas as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). Eventualmente pode ser encontrada na própria instituição. O estudante terá um prazo de dez dias contados a partir do dia seguinte após a confirmação de inscrição;
  4. Contratação do Fies 2020: Por fim, deverão comparecer a agências bancárias (Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil) optadas para a contratação do financiamento. Os estudantes terão dez dias contados a partir do terceiro dia útil após a validação das informações no CPSA. Caso o estudante tenha um fiador, deverá o acompanhar.

Outras informações do Fies 2020

Conforme as edições passadas, as regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste variam as taxas entre 2,5 até 3,5% ao ano para o Fies 1. Já para o Fies 2 a taxa é de 6,5% ao ano para todas as regiões do país.

A cada semestre o estudante deverá fazer o aditamento, que nada mais é que a renovação do contrato do Fies 2020. O aditamento é feito no SisFies mediante solicitação do CPSA. Caso as informações estejam corretas o estudante terá que confirmar a solicitação em até vinte dias contados a partir da data de conclusão da solicitação. Assim, o estudante deverá comparecer à CPSA para poder retirar o Documento de Regularidade de Matrícula (DRM).

Antes de mais nada, é importante que esteja assinada pelo presidente ou vice-presidente da comissão. Caso encontre algum erro entregue para o CPSA para que possa corrigir.

Eventualmente a cada três meses o estudante deverá efetuar o pagamento dos juros incidentes sobre o financiamento. O valor máximo cobrado é de R$150,00.

Com a atualização do Fies 2020 o prazo de carência foi encerrado. Eventualmente após concluir o curso o estudante automaticamente já começara a pagar o saldo devedor. Caso não tenha uma renda fixa o estudante pagará o valor mínimo. Por isso, fique atento as notícias do Fies 2020 – Fundo de Financiamento Estudantil.

Não esqueça de avaliar o artigo nas estrelas. Desde já, boa sorte a todos.